Blog

Ministério do Trabalho apresenta proposta aos rodoviários; não haverá greve até segunda (30)

O Ministério do Trabalho e Previdência Social, que está mediando a negociação entre os rodoviários e empresas de ônibus da capital através de sua superintendência regional, apresentou uma proposta de reajuste salarial para resolver o impasse. Cabe agora aos dois lados decidirem se aceitam.

Segundo Hélio Ferreira, presidente do Sindicato dos Rodoviários, o ministério precisou intervir com uma proposta porque os empresários não querem oferecer nenhum reajuste. A proposta apresentada define um reajuste salarial de 11,33%, além do mesmo percentual de aumento no tíquete-alimentação.

Os rodoviários farão uma assembleia na segunda-feira (30) para decidirem sobre a proposta. Até o momento eles pediram 18% de reajuste salarial. “Estamos chegando no final da campanha salarial. Se não houver consenso, terça-feira (31) entramos em greve”, garante Ferreira.

Ainda conforme o presidente sindicato, os empresários já recusaram a proposta do ministério. Eles podem, no entanto, recuar e resolver aceitar até a próxima reunião, marcada para segunda-feira (30). Antes da reunião de hoje, houve uma tentativa na sexta-feira (20), quando não houve acordo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Sites para consulta pública:

        



Palavras-chave: rpps, investimentos, previdência, software previdenciário, consultoria, auxílios, benefícios, cálculo atuarial, avaliação atuarial, reavaliação atuarial, instituto, regime próprio de previdência social, crp, dair, dipr, dpin, certificado de regularidade previdenciária, criar rpps, consultoria rpps, sistema rpps, fundo de investimento