Blog

Idosos pedem volta do Ministério da Previdência Social em ato em Brasília

Aposentados protestaram na Esplanada na manhã nesta quinta-feira (2) pela volta do Ministério da Previdência Social. A extinção foi anunciada na semana passada pelo presidente em exercício, Michel Temer, como forma de dar um formato menor, redirecionando recursos e fazer uma reestrutura na Esplanada dos Ministérios. Com a mudança, o Ministério da Previdência Social foi anexado à pasta da Fazenda.

Os organizadores chegaram a fechar o Eixo Monumental durante o ato, que contou com 200 idosos. Eles levaram carro de som e faixas e interditaram o acesso à agência do INSS do Setor de Autarquias Sul.

O protesto foi organizado pela Confederação Brasileira de Aposentados e Pensionistas (COBAP). Presidente da entidade, Warley Gonçalles disse que o ato se repete nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Pernambuco, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Grupos de idosos pararam o funcionamento de 18 agências do INSS em todo o país, afirma.

Gonçalles afirmou temer que a extinção do Ministério da Previdência dificulte contato dos aposentados com o governo. “Hoje já é difícil nós participarmos de mudanças na previdência. Se não tiver ministério é pior ainda. Hoje a gente não tem com quem falar”, afirmou.

Zenaide Aguiar é pensionista há 30 anos e foi para manifestação com outros integrantes de um grupo de idosos de Brazlandia. “Dizem que agora vai ficar tudo errado, e a gente que depende disso, tem que vir aqui, quem é que não tem medo”, disse.

Onófre Moreira da Silva, de 80 anos, é aposentado há 40 anos por invalidez, causada por um acidente de trabalho. Ele disse que a extinção de um ministério que protege os direitos dos idosos, põe em risco as futuras gerações. “Eu me preocupo muito com meus netos e bisnetos. A gente tá vendo os nossos direitos irem embora”, falou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Sites para consulta pública:

        



Palavras-chave: rpps, investimentos, previdência, software previdenciário, consultoria, auxílios, benefícios, cálculo atuarial, avaliação atuarial, reavaliação atuarial, instituto, regime próprio de previdência social, crp, dair, dipr, dpin, certificado de regularidade previdenciária, criar rpps, consultoria rpps, sistema rpps, fundo de investimento