Blog

Temer diz que vai enfrentar resistências para mudar Previdência e CLT

Em duas reuniões na manhã de ontem, sendo uma com empresários que integram o Conselho Nacional do Serviço Social da Indústria (Sesi) e outra com ministros da área econômica – Henrique Meirelles, da Fazenda, e Dyogo Oliveira, do Planejamento –, o presidente em exercício Michel Temer afirmou que vai “enfrentar todas as resistências” para aprovar as reformas da Previdência e Trabalhista. “Mesmo se tiver manifestações contra, que são da democracia, vamos enfrentar”, disse.

As duas reformas foram pedidas pelos empresários, que sugeriram medidas para superar a crise e ouviram Temer se comprometer a atacar as questões estruturais do baixo crescimento econômico. O governo prepara propostas para as duas reformas. O presidente em exercício aguarda o desfecho do processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff para, eventualmente, encaminhá-las ao Congresso.

A reforma da Previdência está mais avançada, depois de uma série de debates com sindicalistas e empresários. A trabalhista ainda está numa fase de discussão técnica. Os empresários pediram atenção à regulamentação do trabalho terceirizado. O presidente pediu aos ministros presentes que, em 15 dias, apresentem medidas para “buscar ativos” para investimentos públicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Sites para consulta pública:

        



Palavras-chave: rpps, investimentos, previdência, software previdenciário, consultoria, auxílios, benefícios, cálculo atuarial, avaliação atuarial, reavaliação atuarial, instituto, regime próprio de previdência social, crp, dair, dipr, dpin, certificado de regularidade previdenciária, criar rpps, consultoria rpps, sistema rpps, fundo de investimento