Blog

INSS pagará, em média, R$ 579,78 a aposentados como parcela do 13º

Cerca de 28,4 milhões de segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) vão receber, em média, R$ 579,78 a mais no valor do benefício referente a agosto, devido o pagamento da primeira parcela do 13º salário. O crédito, de acordo com calendário estabelecido, começará no dia 25 de agosto, para os que ganham um salário mínimo (cartaão de pagamento de final 1). Em média, o INSS paga um benefício de R$ 1.159,57 por aposentadoria. No mês de pagamento do 13º, o valor médio sobe para R$ 1.739,35.

A maioria dos favorecidos, porém, recebe abaixo da média. De cada dez beneficiários, seis recebem um salário mínimo, hoje de R$ 880. Neste caso, o valor da primeira parcela do abono será de R$ 440. Para os que recebem o equivalente ao piso do INSS e têm cartões com finais de 1 a 5, os pagamentos serão feitos entre 25 e 31 de agosto. Para os finais de 6 a 0, os depósitos serão entre 1º e 8 de setembro.

Do total de beneficiários, cerca de cinco milhões recebem entre R$ 880 e R$ 1.760, sem considerar o valor do abono, e vão ter o crédito do salário e da primeira parte do 13º a partir de 1º de setembro (veja ao lado). Segundo o INSS, 9% dos favorecidos, aproximadamente 2,6 milhões de pessoas, recebem entre R$ 1.760,01 e R$ 2.640.

Há dez anos, o governo antecipa 50% do 13º benefício na folha de pagamento que é creditada entre o fim de agosto e início de setembro, segundo o final do número do benefício. No ano passado, o pagamento do abono natalino sofreu atraso e foi creditado apenas no fim de setembro, após uma enxurrada de críticas ao governo. A segunda parcela será paga entre o fim de novembro e o início de dezembro.

Só receberá o 13º quem recebe aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente, auxílio-reclusão ou salário-maternidade. Para saber o dia do pagamento, o segurado precisa conferir o último algarismo do número de benefício antes do dígito. Para o cartão com número 125.326.898-4, o final é 8, e a parcela do 13º será paga no dia 5 de setembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Sites para consulta pública:

        



Palavras-chave: rpps, investimentos, previdência, software previdenciário, consultoria, auxílios, benefícios, cálculo atuarial, avaliação atuarial, reavaliação atuarial, instituto, regime próprio de previdência social, crp, dair, dipr, dpin, certificado de regularidade previdenciária, criar rpps, consultoria rpps, sistema rpps, fundo de investimento