Blog

‘Reforma da Previdência deve sair ainda neste ano’, diz ministro da Fazenda

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, fixou um prazo para que a reforma da Previdência seja discutida no Congresso e votada logo pelos parlamentares. Para ele, é fundamental que as alterações nas regras de concessão de aposentadorias do INSS sejam discutidas ainda em 2016, para vigorar em 2017:

— É importante que a reforma seja aprovada num período de tempo que não exceda o próximo ano. Para os anos seguintes, particularmente para 2019, 2020, já começa a inviabilizar-se um ajuste pelo teto (dos gastos públicos), se não houver um ajuste da Previdência — disse.

O tema tem sido analisado por técnicos da Casa Civil, da Fazenda e do Planejamento. O grupo já cogitou, por exemplo, unificar a Previdência de todos os trabalhadores, incluindo os militares, mas já descartou a possibilidade. A ideia é discutir o tema e, com a aprovação, colocar as mudanças em prática já a partir de 2017. As alterações deverão atingir oito em cada dez pessoas da iniciativa privada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Sites para consulta pública:

        



Palavras-chave: rpps, investimentos, previdência, software previdenciário, consultoria, auxílios, benefícios, cálculo atuarial, avaliação atuarial, reavaliação atuarial, instituto, regime próprio de previdência social, crp, dair, dipr, dpin, certificado de regularidade previdenciária, criar rpps, consultoria rpps, sistema rpps, fundo de investimento