Blog

Com mudança na idade mínima para aposentadoria, nível salarial de profissionais mais experientes deve cair

Empresas e trabalhadores terão que se adequar a uma nova realidade, que deve incluir redução de níveis salariais para profissionais mais experientes. Essa é a avaliação de especialistas em Recursos Humanos e em Direito Trabalhista sobre a possível aprovação da proposta do governo da idade mínima de 65 ou até 70 anos para a aposentadoria.

Entre as críticas à nova regra está a de que, como atualmente já é difícil pessoas com mais de 50 anos serem contratadas, a mudança na idade mínima para se aposentar aumentaria o número de desempregados nessa faixa etária. Larissa Meiglin, psicóloga e supervisora de assessoria a carreira e ao candidato da Catho, argumenta que tanto os patrões como os candidatos terão que se adaptar:

— Caso a lei mude, com certeza espaço não vai faltar. O que a gente precisa ter bastante cuidado, é com a questão das expectativas. Quanto mais tempo eu tenho (de profissão), melhor remunerado, ou seja, mais reconhecido financeiramente eu espero ser. Esse profissional terá que entender que pode ser que a empresa não consiga manter a mesma ascensão exponencial que ele teve até certo momento da carreira — afirma.

José Ricardo Ramalho, advogado especialista em Direito Trabalhista, faz avaliação semelhante, mas diz que a empregabilidade dos maiores de 50 anos pode até melhorar:

— Às vezes, a empresa pensa: “eu vou treinar essa pessoa e daqui a três, cinco anos ela vai se aposentar?” Mas, se a mudança for aprovada, a pessoa não estará tão próxima da aposentadoria, então, a chance de contratação, talvez, até melhore — disse Ramalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Sites para consulta pública:

        



Palavras-chave: rpps, investimentos, previdência, software previdenciário, consultoria, auxílios, benefícios, cálculo atuarial, avaliação atuarial, reavaliação atuarial, instituto, regime próprio de previdência social, crp, dair, dipr, dpin, certificado de regularidade previdenciária, criar rpps, consultoria rpps, sistema rpps, fundo de investimento