Blog

BC diz que Reforma da Previdência vai ajudar em corte maior da taxa básica de juros

O Banco Central informou nesta quinta-feira (2), na ata do Copom (Comitê de Política Monetária), que o corte gradual da taxa básica de juros está condicionada “a um maior grau de antecipação do ciclo”.

O Copom também apontou que o “redirecionamento da política econômica do governo”, com a aprovação da reforma da Previdência, pode ajudar a uma queda da taxa de juros da economia.

“O Comitê julga que o redirecionamento da política econômica pelo governo, com aprovação e implementação das reformas fiscais, notadamente a reforma da previdência, além de outras reformas e ajustes necessários na economia, pode produzir uma queda da taxa de juros estrutural da economia brasileira”, diz o texto.

“Nesse contexto, o Comitê continuará reavaliando suas estimativas da taxa estrutural de juros da economia ao longo do tempo. Essa dimensão produz mudanças menos frequentes e mais estruturais para a política monetária”, afirma o comunicado.

Na semana passada, o BC reduziu a Selic em 0,75 ponto percentual pela segunda vez seguida, a 12,25% ao ano, diante de melhorias vistas na inflação. Também deixou a porta aberta para acelerar o ritmo de redução ao pontuar que esse movimento dependerá não só da extensão do ciclo, mas da evolução da atividade econômica, dos fatores de risco e das projeções e expectativas de inflação.

Perspectivas

O BC também indicou que as taxas de câmbio deverão ficar em R$ 3,30/US$ em 2017 e em R$ 3,40/US$ em 2018. Em relação à taxa básica de juros, a Selic deve terminar 2017 em 9,50% ao ano (a.a.) e, em 2018, deverá atingir 9% ao ano.

Sob essas hipóteses, a projeção de inflação do Copom para 2017 recuou em relação à divulgada nas Notas da reunião do Copom em janeiro (204ª reunião), para em torno de 4,2%. A projeção para 2018 nesse cenário manteve-se ao redor de 4,5%.

“A atividade econômica dá sinais de estabilização no curto prazo, mas a recuperação da economia pode ser mais (ou menos) demorada e gradual do que a antecipada”, informou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Sites para consulta pública:

        



Palavras-chave: rpps, investimentos, previdência, software previdenciário, consultoria, auxílios, benefícios, cálculo atuarial, avaliação atuarial, reavaliação atuarial, instituto, regime próprio de previdência social, crp, dair, dipr, dpin, certificado de regularidade previdenciária, criar rpps, consultoria rpps, sistema rpps, fundo de investimento