Blog

Professora universitária se aposenta com R$ 998

Em 2012, a professora Miriam Cristina Pontello Barbosa Lima recebeu o prêmio de melhor artigo no “The Second International Conference on Education, Informatics, and Cybernetics”, em Orlando, nos EUA — Imagem: Reprodução.

 

O portal de notícias, UOL Educação, divulga vítima do vírus Zika em 2016, a matemática Miriam Cristina Pontello Barbosa Lima, 48, viu seu quadro piorar com o passar do tempo, o que a fez, posteriormente, ser diagnosticada com síndrome de Guillain-Barré. Hoje, Lima é deficiente física e foi aposentada contra sua vontade pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), onde era professora. Por causa disso, agora, ela recebe R$ 998, mas luta para reverter a decisão da instituição de ensino.

Afastada das salas de aula desde 2016, quando contraiu a doença, Lima recebia R$ 5.800, o teto da Previdência, de auxílio doença do INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social), mais o salário integral de R$ 10 mil, como professora titular da UFMG, até o início de 2019.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Sites para consulta pública:

        



Palavras-chave: rpps, investimentos, previdência, software previdenciário, consultoria, auxílios, benefícios, cálculo atuarial, avaliação atuarial, reavaliação atuarial, instituto, regime próprio de previdência social, crp, dair, dipr, dpin, certificado de regularidade previdenciária, criar rpps, consultoria rpps, sistema rpps, fundo de investimento